Ultimas

20/06/2017

CSE completa 70 anos nesta quarta-feira


O dia 21 de Junho é especial para o CSE (Clube Sociedade Esportiva). Neste domingo, o clube de Palmeiras dos Índios completa 70 anos de história. O CSE é a maior paixão dos palmeirenses apesar de jamais ter conquistado um titulo do campeonato alagoano, o tricolor tem a quarta maior torcida do estado.

Veja um pouco da história do CSE ao longo de seus 70 anos

O tricolor palmeirense foi fundado em 21 de junho de 1947, porém já existia desde o ano de 1945. Possuiu uma grande equipe na época do amadorismo, sendo difícil de ser batido em Palmeira dos Índios.
O primeiro jogo foi disputado ainda em 1945, com um time formado por Dr. Pitta, Rosival Medeiros, Athaíde, Vanutério, Ercílio Luz, Luiz B. torres, Antônio Maia, Luis, Firmino Passos, Pedro Horácio, Oscar e Nezinho (1/2 Tostão), dentre outros. O primeiro presidente foi Nilo Barros.
A partir do ano de 1966 passou a disputar o Campeonato Alagoano da divisão principal. Na estréia na competição, empatou por zero a zero com o CSA no Mutange. Em 1977, o CSE decidia pela primeira vez o título do campeonato com o CRB, houve um jogo extra e o título acabou nas mãos do time da capital.
















No ano de 1987, o CSE conquistou um turno do estadual em cima de seu maior rival, o ASA, na cidade de Arapiraca. Na grande decisão do estadual do mesmo ano, o CSE voltou a enfrentar o CRB  e novamente o CRB levou a melhor.
Em pé: Amilton Didier (Presidente), Joventino Ferreira (Vice-Presidente), Ivanildo, Da Silva, Israel, Dr. Sebastião Lessa, Tenente, Ado, Zé Oliveira, Irazildo (Prep. físico), Técnico Ronaldo Alves(Foto: Antonio Fernandes)






















No dia 7 de maio de 1997, o CSE mudou de nome: de Centro Social Esportivo, passou a se chamar Clube Sociedade Esportiva. A medida foi tomada pelos dirigentes para livrar o clube das dívidas que tinha com o INSS e outros credores. Inclusive o Juca Sampaio foi doado à Prefeitura de Palmeira dos Índios para que não fosse confiscado.
Em 2002, o CSE voltou à divisão especial. E como o número 7 parece ser místico na vida do CSE, após uma má campanha no estadual de 2007, o tricolor palmeirense foi rebaixado para a Segunda Divisão do futebol alagoano.
Em 2009, voltou para a primeira divisão alagoana e mais uma vez fez uma campanha fraca, mas desta vez conseguiu se manter na primeira divisão e acabou rebaixando o tradicional CSA. O Artilheiro da equipe nesta temporada foi Rogério com 9 gols.


















Em 2012, fez um “bom campeonato alagoano” com o então Túlio Maravilha e os demais grandes jogadores, como: Luiz Paulo, Paulo Victor e entre outros o time apesar de tudo não conseguiu ser campeão alagoano, sendo eliminado na semi-final do segundo turno para o ASA de Arapiraca.
CSE 2012 (Foto: PalmeiraEsporte)
















Em 2013, o CSE brigou para não cair para a segunda divisão do estadual, o time chegou a disputar o “torneio da morte”, mais com alguns reforços do ano anterior o time conseguiu se manter na elite do futebol alagoano. O detalhe do campeonato alagoano de 2013, foi que não teve o maior clássico do interior de Alagoas, CSE X ASA.
CSE 2013

Em 2014, o fato do estádio Juca Sampaio está passando por restauração no gramado, o tricolor precisou mandar alguns dos seus jogos no estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, casa do seu maior rival, o ASA. O primeiro turno do tricolor mais uma vez foi muito abaixo do esperado pela diretoria, isso porque o elenco montado com atletas, que vieram do sul do pais era muito badalado e favorito ao titulo do estadual. No segundo turno, o time passou por várias reformulações, desde a comissão técnica a vários jogadores, o resultado surtiu efeito e o time palmeirense fez uma boa campanha, mas não conseguiu a classificação para o quadrangular final. Foram 6 vitórias, em 10 jogos disputados. 
Foto: Romário Silva/PalmeiraEsporte































Já no campeonato alagoano deste ano, a história se repetiu, o time fez um primeiro turno péssimo, ficando na ultima posição do certame. No segundo turno a diretoria promoveu varias mudanças, principalmente com dispensas e contratações de jogadores e comissão técnica, o time mostrou uma nova cara na competição e conseguiu somar 17 pontos, em 24 disputados. Foram 5 vitórias, 2 empates e uma derrota, em 8 jogos. Mesmo com a boa campanha no segundo turno, o tricolor, novamente não conseguiu a classificação para a semi-final do alagoano.
CSE 2015(Foto: Romário Silva)




























Para o Campeonato Alagoano de 2016, esperava-se um CSE favorito a classificar para o hexagonal, pois a diretoria montou um bom elenco, com boa parte de jogadores de 2015, a exemplo de Luiz Paulo, Silvio Carrasco, Guêba e Betão. Além disso o time tinha o ataque dos sonhos com Zé Paulo e Luiz Paulo. Porém dentro das quatro linhas o time não rendeu e terminou disputando o "torneio da morte", mas garantiu permanência na elite do futebol Alagoano. 

Uma das novidades na temporada de 2016, foi a criação de um terceiro uniforme na cor grená.


Na temporada 2017, o primeiro ato da nova diretoria, comandada pelo presidente José Leão, que assumiu o cargo deixado por Helenildo Neto, foi trazer de volta a cor vermelha nas cores do CSE, quando o Grená estava sendo usando na gestão de Helenildo. A nova direção optou por montar um elenco com jogadores conhecidos do futebol alagoano como Etinho, Jacobina, Joaninha e outros. Mas o time fez uma péssima campanha na primeira fase e mais uma vez foi disputar o torneio da morte onde sobrou e outra vez escapou do rebaixamento.


Títulos do CSE

·         Vice-Campeonato Alagoano: 2 vezes (1977 e 1987).
·         Campeonato Alagoano - 2ª Divisão: 2002.
·         Torneio Início: 1968.

 

Outros títulos

·         Taça Emerentino Costa 1952

 

Handebol

·         Copa Mandacaru de Handebol 2009 - Santana do Ipanema/AL - Campeão Cadete Masculino.
·         Copa dos Campeões de Handebol 2009 - Natal/RN - Campeão Adulto Feminino.
·         Copa dos Campeões de Handebol 2009 - Natal/RN - Campeão Cadete Masculino.
·         Copa dos Campeões de Handebol 2009 - Natal/RN - Vice-Campeão Adulto Masculino.

·         Copa dos Campeões de Handebol 2009 - Natal/RN - Campeão Geral da Competição.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Palmeira Esporte
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates