(Foto: Paulo Lira / Notícia na Mira)
Não foi na noite desta quarta-feira que o polêmico caso dos atletas "veteranos", inscritos pelo P.I para a disputa da Segunda Divisão do Campeonato Alagoano, foi julgado pelo Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva. A sessão chegou a ser iniciada, na sede da Federação Alagoana de Futebol, mas foi imediatamente suspensa pelo presidente do TJD-AL, Dartagnan Fireman.


De acordo com o presidente, o motivo da suspensão foi um novo recurso impetrado pela FAF, pedindo a revisão da pena aplicada na última quarta-feira, quando a entidade foi condenada a pagar uma multa no valor de R$ 10.000,00.
- A Federação deu entrada hoje num recurso voluntário sobre a mesma decisão que estaria sendo julgada na sessão de hoje, interposto pela procuradoria do TJD, que é a decisão da Primeira Comissão Disciplinar, que apenou a federação e absolveu o P.I e os integrantes da estrutura administrativa da própria Federação - explicou.
Ainda de acordo com Dartagnan, a sessão do pleno não foi realizada nesta quarta-feira porque o Código Brasileiro de Justiça Desportiva determina um prazo de no mínimo três dias para que as partes envolvidas sejam informadas e possam se manifestar.
- Como os dois recursos versam sobre a mesma decisão, e eu tenho, pelo Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que abrir um prazo de três dias para que as partes se manifestem, eu teria um julgamento hoje sobre essa decisão e outro na próxima quarta-feira sobre a mesma decisão. Assim sendo, para obedecer esses prazos do CBJD, eu tive que suspender a realização da sessão do julgamento de hoje e já convocar uma sessão de julgamento para a próxima quarta-feira, quando serão julgados os dois recursos simultaneamente - ratificou.
Com a suspensão, o presidente do pleno do TJD confirmou que as finais da Segundona estadual ficam suspensas até o julgamento do mérito da questão. 
- O campeonato continua suspenso pelas mesmas razões. Não haveria sentido se permitir a realização de uma partida que depois poderia ter o resultado modificado em função da decisão do julgamento. Assim, é melhor que se julgue a situação antes e a federação tome as providências com relação a realização da partida depois.
Fonte: Globoesporte.com/al
Foto: Ascom FAF
O novo presidente do Centro Esportivo Olhodaguense (CEO), Manoel Bezerra dos Santos, destacou o fortalecimento dos times do Sertão alagoano. Em 2015, CEO e Ipanema serão os representantes do sertão no Estadual da 1ª divisão na próxima temporada.
Eleito para o lugar de Clemens Machado, o novo mandatário também já planeja o clube visando o ano que vem. Atualmente ele busca apoio da prefeitura da cidade de Olho D’Água das Flores, além de empresários da região.
“Foi muito importante o acesso do Ipanema. Com isso, outras cidades podem se animar e voltar a disputar campeonatos profissionais no futebol de Alagoas, como já aconteceu com o Jaciobá e o Internacional, ambos de Pão de Açúcar”, disse o novo presidente do CEO. Manoel Bezerra foi aclamado no dia 14 de setembro, em Assembleia Geral realizada no Clube Recreativo Luiz dos Anjos. Ele substitui Clemens Santana Machado, que renunciou ao cargo no dia 25 de agosto, por conta de razões de cunho pessoal.
Melhorias no estádio
Manoel ainda informou que setores do Estádio Edson Matias passam por reformas. “O gramado está sendo melhorado e ainda estamos agilizando a questão de iluminação artificial. Os refletores já existem e foram colocados, mas o potencial energético ainda passará por vistorias”, acrescentou.
Fonte: Tnh1
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta segunda-feira que vai construir 15 centros de treinamentos para as categorias de base em todo o Brasil. Entre os estados contemplados está Alagoas, que vai receber um dos CT’s.
A informação é do Lancepress. Segundo o portal, o anúncio foi feito pelo técnico da seleção olímpica, Alexandre Gallo, durante o III Encontro Técnico das Categorias de Base promovido pela entidade no Rio de Janeiro.
Os estados contemplados serão todos que não receberam jogos da última Copa do Mundo, com exceção de Pernambuco e Rio Grande do Norte, e contará com a participação da FIFA na implementação do projeto, repassando U$ 100 milhões para isso.
Na Copa do Mundo FIFA 2014, Alagoas foi um dos Centro de Treinamento de Seleções (CTS), e recebeu Gana durante a competição. O TNH1 procurou o secretário adjunto de esportes de Alagoas, Jorge VI, bem como a secretaria do Gabinete Civil do Estado, mas ambos informaram que não estavam sabendo do anúncio. A reportagem também buscou contato com o presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF), Gustavo Feijó, mas ele não foi localizado.
Desta forma, o investimento, bem como local e data para o início da construção ainda serão confirmados. Ainda segundo o Lancepress, além de Alagoas, receberão os centros de treinamentos o Acre, Amapá, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima e Tocantins. Destes, o primeiro a ficar pronto será em Belém, no Pará.
“Vai ser um legado importante, que a FIFA deixa após o Mundial. Serão centros de alto nível, onde vamos trabalhar não só o lado social, como também na formação da estrutura do futebol. Vamos passar para as federações locais aquilo que estamos aplicando na seleção para que isso ajude na nova formatação do futebol brasileiro", afirmou Alexandre Gallo.
De acordo com o Lancepress, no planejamento traçado pela CBF serão em torno de 720 atletas em cada CT, totalizando 10.800 jovens participantes desta formação em todo o Brasil. Para Alexandre Gallo, o principal foco será, justamente, com os jogadores menores de 14 anos.
"A ideia inicial é trabalhar com a faixa etária abaixo dos 14 anos. Precisamos de alguns ajustes na regulamentação, e isso o ministro Aldo Rebelo vem nos ajudando para que seja possível. Estamos analisando todos esses fatores, mas conseguindo incluir esse ponto vai tornar o trabalho ainda mais interessante", completou.
Fonte: Tnh1
Foto: Globoesporte.com/al
A decisão do Tribunal de Justiça Desportiva de Alagoas (TJD-AL) em conceder liminar que paralisa as finais do Campeonato Alagoano da segunda divisão dá um novo contorno à decisão do Estadual. Segundo explica o secretário geral da entidade, Osvaldo Júnior, como a procuradoria recorreu da decisão da Primeira Comissão do tribunal, que absolveu, por unanimidade, o P.I da acusação de inscrever atletas veteranos - entre eles dirigentes da Federação Alagoana de Futebol - o clube voltará a ser julgado e corre mais uma vez o risco de ser eliminado da competição. Um novo juri está marcado para esta quarta-feira.


Osvaldo Júnior esclarece que, o novo julgamento também volta a apreciar a conduta da FAF, intimada em cinco artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O secretário também explica que, como a entidade foi punida no artigo 220, sendo desqualificada para o artigo 220-A, a multa aplicada no valor de R$ 10.000 não pode sofrer alterações. Porém, uma nova apreciação dos outros artigos também será feita, abrindo a possibilidade de que a pasta volte a sofrer novas punições.
- Como a procuradoria recorreu, vamos fazer uma nova análise do caso agora no pleno. Tanto o clube quanto a Federação vão ser novamente julgados nos artigos que foram enquadrados inicialmente, para que uma outra apreciação seja feita. Desta forma, as decisões podem ser revistas e novas punições podem ocorrer.
FAF recorre da multa, mas pedido é negado
No último dia 24, a FAF protocolou junto ao TJD-AL um pedido para embargar o valor de R$ 10 mil aplicado como multa no último julgamento do caso dos veteranos, alegando que houve “obscuridade” no juri. A ordem, porém, foi negada pelo auditor Delane Maurício Lima, que não só rebateu o pedido da FAF, como também a penalizou em outros R$ 1.000 por considerar o embargo proposto como “protelatório”, ou seja, feito somente para atrasar o processo.
Fonte: Globoesporte.com/al
 (Foto: Paulo Lira/ Notícia na Mira)
Uma decisão liminar do presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Alagoas (TJD/AL), publicada na manhã desta terça-feira, suspendeu a realização do primeiro jogo da final da Segunda Divisão do Campeonato. Inicialmente, o duelo entre P.I e Ipanema estava marcado para a tarde desta quarta-feira, às 15h, em Palmeira dos Índios. 


A decisão foi tomada após o a procuradoria do TJD/AL, através do presidente Petrúcio Guedes, recorrer da sentença da Primeira Comissão do tribunal, que absolveu, por unanimidade, o P.I da acusação de inscrever quatro atletas irregularmente de veteranos. Foram inscritos pelo clube o superintendente da Federação Alagoana de Futebol (FAF), Roque Júnior (42 anos), o supervisor do Aliança Lourinaldo Melo (59 anos), além de um membro da direção do Murici, Luiz Formigão (56 anos) e do veterano Roberto Doido (51 anos).  
Na decisão, o presidente do Pleno do tribunal, Dartagnan Fireman, determina que a partida seja suspensa até o julgamento do recurso no pleno do TJD/AL. Fireman determina ainda que "Dê-se vistas do processo às partes interessadas, para apresentação das contra-razões e seja designada data para o julgamento da Ação; e sorteado o competente Auditor-Relator."
Fonte: Globoesporte.com/al
(Arquivo Pessoal/Facebook)
A preparação para o Torneio Quatro Nações iniciou na noite de hoje (27) no ginásio Adib Moyses Dib em São Bernardo do Campo. Pela manhã a equipe se dividiu em dois grupos e fez uma visita especial às agencias centrais dos Correios e do Banco do Brasil em São Bernardo do Campo, empresas patrocinadoras do Handebol Brasileiro. O goleiro Rick Miles entrou no clima e simulou ser um carteiro.
O torneio acontecerá a partir de quinta feira e vai até o sábado com dois jogos por dia. O Brasil enfrentará Argentina, Argélia e Egito na competição que serve como preparação para o Mundial do Catar em 2015.

Quem quiser assistir aos jogos poderá trocar um quilo de alimento por um ingresso na portaria do ginásio Adib Moyses Dib a partir da quarta-feira das 10h as 17h. Serão disponibilizados ao público três mil ingressos por dia.
Aos que preferirem acompanhar pela TV, os jogos do Brasil serão transmitidos pelo canal SporTV.

Entre os convocados está Cleryston David Cordeiro Novaes, 22 anos, Alagoano de Palmeira dos Índios. O jovem atleta chega à seleção principal após ter passado pelas categorias de base. Entre outras competições importantes, Cleryston disputou o mundial júnior em 2013 na Bósnia e Herzegovina. Com a convocação para o torneio 4 nações, Cleryston possivelmente estará entre os convocados para o Mundial do Catar que acontecerá em Janeiro de 2015, onde o Brasil enfrentará na primeira fase além dos donos da casa logo na estreia, Bielorrússia, Chile, Espanha e Eslovênia, integrantes do grupo A. Áustria, Bósnia, Croácia, Irã, Macedônia e Tunísia formam o grupo B; Argélia, Egito, Emirados Árabe Unidos, França, República Tcheca e Suécia estão no C; e Alemanha, Argentina, Bahrein, Dinamarca, Polônia e Rússia no D.

Cleryston atua na equipe da Vila Olímpica Manoel Tubino/FAB-RJ e está bastante entusiasmado por ter sido convocado para essa fase de treinamento e na expectativa de estar na lista final com os convocados pelo técnico Jordi Ribera para o mundial do Catar.



Programação
Torneio Internacional Quatro Nações Masculino de Handebol
Datas: 30 e 31/10 e 1º/11
Local: Ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo (SP)

Quinta-feira (30/10)
19h - Argentina x Egito
21h - Brasil x Argélia

Sexta-feira (31/10)
19h - Argélia x Argentina
21h - Brasil x Egito

Sábado (1º/11)
17h - Argélia x Egito
19h - Brasil x Argentina 

Convocados:
Goleiros - César Augusto Oliveira de Almeida (Asociación Deportiva Ciudad de Guadalajara - Espanha) e Luiz Ricardo Miles do Nascimento (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP).

Pivôs - Alexandro Pozzer (Asosiación Deportiva Ciudad de Guadalajara-Espanha) e Vinícius Santos Teixeira (EC Pinheiros-SP).

Armadores - Arthur Malburg Patrianova (BM Villa de Aranda-Espanha), Guilherme Valadão Gama (BM Granollers-Espanha), Gustavo Nakamura Cardoso (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP), José Guilherme de Toled (BM Granoller-Espanha), Oswaldo Maestro Guimarães (BM Villa de Aranda-Espanha) e Thiagus Petrus Gonçalves dos Santos (Naturhouse La Rioja-Espanha). 

Centrais - Diogo Kent Hubner (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP), Henrique Selicani Teixeira (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP) e João Pedro Francisco da Silva (Ademar León-Espanha). 


Pontas - Cleber Antônio de Andrade (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP), Cleryston David Cordeiro Novais (Vila Olímpica Manoel Tubino/FAB-RJ), Fábio Rocha Chiuffa (Asociación Deportiva Ciudad de Guadalajara-Espanha), Felipe Borges Dutra Ribeiro (Montpellier Agglomeratión-França) e Wesley de Freitas (FC do Porto-Portugal).

(Arquivo Pessoal/Facebook)

(Arquivo Pessoal/Facebook)

 (Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)
A polêmica da inscrição dos "jogadores veteranos" por parte do P.I ganhou um novo capítulo. A Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva de Alagoas (TJD-AL), através do presidente Petrúcio Guedes, recorreu da decisão da Primeira Comissão Disciplinar do tribunal que absolveu, na última terça-feira, a equipe palmeirense de cometer irregularidade na inscrição dos "atletas" para a disputa do Campeonato Alagoano da Segunda Divisão.
No entendimento de Petrúcio Guedes, alguns elementos essenciais para o julgamento do caso não foram apreciados pela turma do TJD-AL, quando os auditores decidiram, por 3 votos a 0, isentar o clube de Palmeira dos Índios de qualquer prática irregular. 
- Nós respeitamos a decisão dos auditores, mas entendemos que existem elementos na denúncia que não foram apreciados no julgamento da terça-feira. A nossa denúncia foi baseada no Artigo 28 da Lei Pelé, que trata sobre a questão de contratos, inclusive no que diz respeito à remuneração dos atletas. O que toda a sociedade sabe, que é público e notório, é que alguns atletas inscritos pelo P.I não tinham a mínima condição legal de disputar o campeonato. Não falo nem pela idade, mas pelas exigências do regulamento da competição - afirmou.
Além do pedido de revisão da decisão tomada pelos auditores da Primeira Comissão, a procuradoria protocolou também um pedido, em caráter liminar, solicitando a paralisação da Segundona, estadual até que o recurso seja julgado. 
De acordo com o presidente do pleno do TJD-AL, Dartagnan de Araújo, a decisão liminar sobre a paralisação do estadual deve ser tomada ainda nesta segunda, mas só será publicada na manhã de terça.
A secretaria do TJD divulgou, através do site da Federação Alagoana de Futebol, que o recurso solicitado pela procuradoria será julgado pelo pleno do órgão na próxima quarta-feira, a partir das 19h30 (horário local). No entanto, a rodada de abertura das finais da Segundona está marcada para o mesmo dia, às 15h, com a partida entre P.I e Ipanema, no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios.
Fonte: com Globoesporte.com/al
Foto: Romário Silva/PalmeiraEsporte
Da redação por Romário Silva

Apesar de ter conquistado o acesso para a elite do futebol alagoano de 2015, e estar a dois jogos do titulo do campeonato alagoano da segunda divisão, as coisas não são das melhores no mais novo clube de futebol de Palmeira dos Índios, o P.I.

Após a folga do final de semana, o time se reapresentou na tarde desta segunda-feira no estádio Juca Sampaio para realizar o treinamento visando o primeiro jogo da decisão na próxima quarta-feira (29), diante do Ipanema em Palmeira.

Ao chegar ao estádio, os jogadores foram informados pela comissão técnica, que não haveria treino. O motivo foi no mínimo curioso: O material estava sujo desde o último treino realizado na semana passada. 


O técnico Manoel Pinheiro foi até a sede do clube para buscar o material e foi surpreendido com a notícia que o uniforme de treino não tinha sido lavado por falta de sabão. Segundo ele os meiões estavam com um odor insuportável. Pinheiro passou a situação para os jogadores e em seguida liberou o elenco.

O clube vem passando por dificuldades financeiras desde o início da competição e recentemente vem recebendo doações de torcedores e desportistas palmeirenses. Na tarde desta terça-feira a equipe deverá fazer um coletivo no Juca Sampaio.
Foto: Itawi Albuquerque 
O Galo subiu!!! Em um confronto que valia vaga na Série B de 2015 e nas semifinais da Série C do Brasileirão, o CRB venceu o Madureira por 2 x 0 no Estádio Rei Pelé, com gols de Daniel Marques e Clebinho na noite deste sábado (25), conquistou o acesso e pode comemorar com a sua torcida, que fez uma grande festa durante todo o dia na capital alagoana.a.
Confira a galeria de fotos completa no final da matéria.
Contando com o Trapichão complemente lotado, o Galo começou a partida empolgado e partindo para cima do adversário. Os dois times estavam muito rápidos e deixavam o confronto eletrizante. Bem no jogo, o time praiano atacava com muito mais frequência e empurrava seu adversário para a defesa, que por consequência teve que buscar jogar no contra-ataque. O CRB encontrava mais espaços no seu lado esquerdo, e tocando a bola com qualidade explorava bastante os lances por esse lado. Apesar de o confronto ter ficado taticamente equilibrado, o Galo era melhor tecnicamente e chegava perto do gol em alguns lances.
Aos 27 minutos, a bola foi cruzada na área após cobrança de falta, e depois de desvio da defesa, ela foi parar na cabeça do zagueiro Daniel Marques, que abriu o placar para Alagoas e incendiou o Trapichão. Em seguida, como tinha uma grande vantagem, o time praiano ficou menos ofensivo, mas conseguia controlar a partida com inteligência, sem deixar os cariocas chegarem com perigo no ataque. Pouco depois, o Madureira assustou em uma cabeceada no travessão de Aislan aos 45’ e outra de Rodrigo Pinho um minuto depois, quando Júlio César fez uma grande defesa. Mesmo com uma pressão exercida pelo Madureira nos lances finais até o sopro do árbitro, o primeiro tempo foi embora com a vitória regatiana.
Veja o primeiro gol do Galo
Segundo tempo
O duelo voltou com o Madureira partindo para o tudo ou nada e se jogando completamente para o ataque, mas a defensiva do CRB se segurava bem. Com o tricolor suburbano exercendo maior postura ofensiva, a equipe da casa se concentrou no contra-ataque, mas sem assustar o adversário. O quadro do jogo não mudava, só que aos poucos o Galo foi adiantando sua marcação, e tocando muito bem a bola passou a chegar mais no gol dos cariocas. Aos 13’, alguns minutos depois de acontecer o mesmo com o Madureira, o árbitro não marcou um possível pênalti quando Diego Rosa ia finalizar a gol dentro da área. Aos 23’, Rodrigo Pinho experimentou de fora da área e novamente acertou o travessão, dando um susto no goleiro Júlio César.
Só que aos 25 minutos, o CRB chegou ao seu segundo gol. Após um corte da defensiva carioca, a bola acabou voltando para Clebinho, que chutou na cara do gol e acertou canto direito após um toque do arqueiro do Madureira. Novamente superior, o Galo conseguia chegar com perigo eventualmente e seguiu evitando as investidas do Madureira, que parecia ter sentido o gol alagoano. Com determinação, força e Inteligência, o Regatas administrou bem o resultado, quase ampliou com um chute na trave de Diego Clementino nos acréscimos, e “cantou de Galo” no Trapichão.
Veja o segundo gol regatiano
Como fica
Com o placar de 2 x 0 o CRB está de volta à Série B do Brasileirão e classificado para as semifinais da Série C, já que venceu por 2 x 1 o jogo de ida e precisava apenas de um empate ou até perder por 1 x 0 para se classificar. Se o Madureira vencesse pelo placar do primeiro jogo, a decisão seria nos pênaltis. Como gol marcado na casa do adversário vale como critério de desempate, o Galo não poderia perder por 3 x 2, 4 x 3, em diante. Do contrário, o alvirrubro garantiria a classificação.
Agora classificado, o time praiano volta à Série B após a segunda tentativa seguida, já que foi rebaixado em 2012 e não retornou no ano passado. Na sequência das semifinais, o time praiano enfrenta o Macaé-RJ, que eliminou o Fortaleza no Castelão. O jogo de ida está inicialmente marcado para 9 de novembro, no Rio de Janeiro, e a volta no dia 11 de novembro, no Estádio Rei Pelé.
Outros jogos da volta das quartas de final: Mogi Mirim 0 x 0 Salgueiro (ida: 1 x 0 - Mogi Mirim classificado), Tupi 0 x 1 Paysandu (ida: 1 x 2 – Paysandu classificado), Fortaleza 1 x 1 Macaé (ida: 0 x 0 – Macaé classificado).
Fonte: Tnh1

A FAEC – Federação Alagoana de Esportes Colegiais realizará no período de 3 a 7 de novembro a seletiva estadual para o Campeonato Brasileiro Escolar que acontecerá em Uberaba – MG de 5 a 12 de dezembro.
As instituições poderão inscrever atletas nascidos entre 1997 e 2000. O Basquete terá seletiva nos dois naipes, enquanto o Futebol contará com a disputa apenas no masculino. A realização do Campeonato Brasileiro Escolar é da CBDE – Confederação Brasileira de Desporto Escolar.


Maiores informações:
Djalma Pacheco – Presidente da FAEC – 9181-8599  djalma_pacheco@hotmail.com
Sidney Pimentel – Diretor Técnico -  9301-3994 / 8821-3616 / 9952-5104 sidneyadp@gmail.com
Romildo Calheiros – Coordenador de Futebol de Campo – 8854-3278
Antônio Oliveira – Coordenador de Basquete – 8803-6041
(Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)
A polêmica do caso da inscrição dos 'atletas veteranos' para a disputa da Segunda Divisão do Campeonato Alagoano pelo P.I deve ter um novo capítulo nos próximos dias.Depois da equipe de Palmeira dos Índios ter sido absolvida pela Primeira Comissão do Tribunal de Justiça Desportiva de Alagoas (TJD-AL), a procuradoria do Tribunal informou que vai recorrer da decisão.


Em contato com o GloboEsporte.com, o procurador Petrúcio Guedes informou que o recurso será protocolado junto à secretaria do TJD-AL nesta sexta-feira. 
- Nós respeitamos a decisão dos auditores, mas entendemos que existem elementos na denúncia que não foram apreciados no julgamento da terça-feira. A nossa denúncia foi baseada no Artigo 28 da Lei Pelé, que trata sobre a questão de contratos, inclusive no que diz respeito à remuneração dos atletas. O que toda a sociedade sabe, que é público e notório, é que alguns atletas inscritos pelo P.I não tinham a mínima condição legal de disputar o campeonato. Não falo nem pela idade, mas pelas exigências do regulamento da competição - afirmou.
O que toda a sociedade sabe, que é público e notório, é que alguns atletas inscritos pelo União não tinham a mínima condição legal de disputar o campeonato" 
Petrúcio Guedes, procurador do TJD-AL
Ele afirmou também acreditar que o recurso  será julgado já na próxima semana. Enfático, Guedes garantiu que não tem nada contra ninguém, mas que está apenas fazendo o seu papel.
- O que a gente faz é com base nos fatos e no direito. A gente também não pode afirmar nem uma coisa e nem outra, mas a sociedade que acompanha o esporte quer ver a coisa apurada - finalizou.
Caso o recurso seja de fato protocolado, o pedido de revisão será apreciado agora pelos auditores do Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva.
Fonte: Globoesporte.com/al

As Federações estaduais que ainda não indicaram os atletas nascidos em 1996 e 1997 para o Acampamento Nacional de Desenvolvimento e Melhoria Técnica da Confederação Brasileira de Handebol têm até o próximo dia 3 para enviar as fichas de inscrição. O Acampamento acontecerá em Blumenau no período de 7 a 16 de fevereiro. Além das indicações pelas federações, atletas que foram observados e pré-selecionados nos Jogos Escolares, Acampamentos Regionais e outros campeonatos pelo país farão parte do Acampamento que visa o aperfeiçoamento técnico dos atletas e padronizar como o handebol é praticado em todo o país. Além disso, os atletas são observados para que possam fazer parte das seleções de base e futuramente da seleção principal.

Durante o acampamento, os atletas participarão de treinos, jogos, palestras entre outras atividades. Além disso, a hospedagem e a alimentação dos participantes serão custeadas pela Confederação. O Acampamento conta também com a presença de professores, árbitros, fisioterapeutas e supervisores que irão contribuir para o aperfeiçoamento técnico dos atletas.

As inscrições deverão ser enviadas para os e-mails adtecnico@brasilhandebol.com.br e minihand@brasilhandebol.com.br. A lista com os atletas selecionados será publicada no dia 7 de novembro.